Domingo, 24 de Janeiro de 2010

* * *


* * *


 

* * *

Um filme a ver.

 

É o primeiro filme da trilogia Três Cores: Azul, Branco, Vermelho, do cineasta polaco Krzysztof Kieslowski, 1992, e que têm por base os temas liberdade, igualdade, fraternidade.

 

Azul venceu o Leão de Ouro do Festival de Veneza em 1993.

Nesse mesmo ano Juliette Binoche recebe o Prémio de Interpretação Feminina pelo seu desempenho no mesmo filme.

Em 1994, Branco recebeu o Urso de Prata no Festival de Berlim.

Quanto a Vermelho, foi seleccionado para a competição oficial em Cannes, também em 1994.

 

* * *

Cleo

Categorias: ,
publicado por Cleópatra M.P. às 21:15
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010

 

Hoje (bem, a esta hora, já foi ontem!) acordei a pensar neste filme. Orgulho e Preconceito.

Além da história em si, que é muito boa e dispensa apresentações, tem também imagens inesquecíveis...

com cores e tonalidades inesquecíveis...

e tem ainda o 'feitiço' feliz!

 

* * *

 

 

* * *

 

VER MAIS AQUI

 

You Have Bewitched Me...

http://www.youtube.com/watch?v=YFNgcYN5_jw

 

Pride And Prejudice Favorite Scenes

http://www.youtube.com/watch?v=5vRsscoOlo4

 

Vale a pena ver.

Cleo


publicado por Cleópatra M.P. às 00:39
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010

 

* * *

 

 

 

* * *

 

 

* * *


publicado por Cleópatra M.P. às 22:14
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

 

 

Há quanto tempo não ouvia este tema de Jules Massenet... ouvia-o tanto em criança...

 

Coloquei o CD, ouvi... lembrei... meditei!

 

Assim que acabei acabei de o ouvir (4 vezes seguidas, confesso) fui procura-lo na internet para o colocar aqui.

A versão que aqui apresento é interpretada por Zamfir, em flauta de pan.

 

 

 

Thaïs é uma ópera em três actos baseada no romance de Anatole France tendo sido apresentada pela primeira vez no teatro da Ópera de Paris em 1894.

Tem como cenário de acontecimentos o Egipto da época romana, e conta a história de um monge (Athanaël) que tenta converter Thaïs, uma cortesã de Alexandria, à Cristandade, porém sem êxito.

 

A meditação, é a passagem mais famosa e mais conhecida da ópera. É executada como interlúdio entre duas cenas do segundo acto, e é executada normalmente como peça de concerto, fazendo parte do repertório clássico tradicional.

 

Espero que gostem!


Cleo


publicado por Cleópatra M.P. às 02:28
link do post | comentar | favorito!

Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

 

 

 

PÁSSAROS FERIDOS 1.gif

 

 

 

Um livro que li pela primeira vez há mais de dez anos, e que ainda faz parte dos meus 'livros de cabeceira'. Volta e meia, lá pego nele outra vez, outra, outra e mais uma ainda, abro à sorte e leio até ficar sem 'sede' deste livro por aquele dia...

 

* * *

"Existe uma lenda acerca de um pássaro que só canta uma vez na vida, com mais suavidade que qualquer outra criatura sobre a Terra. A partir do momento em que deixa o ninho, começa a procurar um espinheiro, e só descansa quando o encontra. Depois, cantando entre os galhos selvagens, empala-se no acúleo mais agudo e comprido. E, morrendo, sublima a própria agonia e solta um canto mais belo que o da cotovia e o do rouxinol. Um canto superlativo, cujo preço é a existência. Mas o mundo inteiro pára para ouvi-lo, e Deus sorri no céu. Pois o melhor só se adquire à custa de um grande sofrimento... Pelo menos é o que diz a lenda."

* * *

 

 

PÁSSAROS FERIDOS 2.gif


 

 

"O pássaro com o espinho cravado no peito segue uma lei imutável; impelido por ela, não sabe o que é empalar-se, e morre cantando. No instante em que o espinho penetra, não há nele consciência do morrer futuro; limita-se a cantar e canta até que não lhe sobra vida para emitir uma única nota. Mas nós, quando enfiamos os espinhos no peito, nós sabemos, compreendemos. E assim mesmo fazemo-lo."

 

* * *

Recomendo vivamente a leitura deste livro.


Cleo

 

publicado por Cleópatra M.P. às 03:04
link do post | comentar | favorito!

Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

 

 

Se me lembro! Como poderia esquecer?

Aquele Verão 'Candy Candy', como habitualmente me lembro dele... e assim ficou o nome.

Acordava de manhã bem cedo para ir trabalhar e deixava-te a dormir com um beijo. Tu, meio ensonado, dizias sempre "conduz devagar. Promete que conduzes devagar". E eu prometia ter cuidado... ir devagar nem sempre era possível.

Entrava no carro, ainda com os meus longos cabelos húmidos do banho, com o Sol nascido poucos minutos antes, já uma brisa quente no 'ar' e colocava logo o CD para ouvir 'Candy'... repeat... repeat... repeat...

'Candy Candy', Verão Feliz!

 

Cleo


publicado por Cleópatra M.P. às 23:06
link do post | comentar | favorito!

Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

 

 


publicado por Cleópatra M.P. às 00:11
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 10 de Novembro de 2009

 

 

 

Sem Maria Callas, mas com Woodstock (música), Snoopy (a atrapalhar...) e Sally (patinadora)!

 

Cleópatra



publicado por Cleópatra M.P. às 16:09
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

 

Palavras são desnecessárias neste caso.
Quem viu o filme e ouviu o(s) tema(s), entenderá porquê.


Aconteceu lembrar-me hoje da época em que vi o filme, há já uns anos... fase luminosa que atravessei, um céu azul com poucas núvens muito brancas, mas que de repente e quase sem aviso se tornaram escuras e começou a chover. E choveu durante tempo demais. Às vezes, essa chuva ainda aparece... mas só às vezes! Até porque, "It can't rain all the time"...


Cleópatra MP

 

 

 

* * *

publicado por Cleópatra M.P. às 23:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito!

Abril 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
27

28
29
30


Tradutor | Translator
Free counters!