Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009

 

De madrugada, um sismo de magnitude média abalou Portugal. Foi sentido também em Espanha e Marrocos. Eu, que estive acordada toda a noite, porque ainda estou com o ritmo de sono trocado, não senti nada cá no Porto... mas de facto, por volta da 1h comecei a ouvir cães que estavam muito impacientes e ladravam quase em coro! E os pequenos pássaros, apesar do frio, andavam num alvoroço. Pensei logo que situações destas habitualmente ocorrem pouco antes de um sismo. Mas de facto, não o senti. Só soube hoje ao fim da manhã ao ler as notícias. Lembrei-me logo dos cães e dos pássaros...

 

 

 

Aliás, o país tem andado a tremer há bastante tempo. Mas desta vez, Portugal foi abalado pela Mãe Natureza (e com um dedito de São Vicente...)!

A façanha não teve a intervenção de nenhum político, nem de nenhum escândalo político/económico. Até é estranho, não? Mas é verdade: Portugal tremeu 'naturalmente'! Afinal, as actuais engrenagens política e económica ainda não são tão poderosas quanto julgam... ups... desculpem-me o devaneio...

 

"De acordo com dados do Instituto de Meteorologia de Portugal, o sismo registou 6,1 graus na escala de Richter (num total de 10), uma intensidade considerada média.

O epicentro deu-se no mar, a 30km de profundidade e a Oeste de Gibraltar, cerca de 185km a Oeste de Faro e 264km a Sudoeste de Lisboa.  Às 11:00 (em Portugal Continental) a actividade sísmica ainda ocorre.

De acordo com o responsável do IM, Adérito Serrão, "o sismo desta madrugada é o maior registado desde 1969", a cerca de 100 quilómetros do Cabo de São Vicente, no Algarve, mas "sem problemas a registar", reforçou.

 

O sismólogo Fernando Carrilho afirmou, por seu lado, que as "réplicas são normais" e que "tendem a diminuir quer em intensidade, quer em intervalos de tempo".

 

O sismo foi registado pela rede de 40 equipamentos distribuídos por todo o território nacional, e teve uma "duração aproximada de três minutos", concluiu o sismólogo.

 

De acordo com o European-Mediterranean Seismological Centre (Centro Sismológico Euro-Mediterrânico) e do U.S. Geological Survey (USGS, o instituto de geologia norte-americano), o abalo deu-se exactamente às 01:37:47h e teve uma magnitude um pouco mais baixa do que a avaliada pelo Instituto de Meteorologia: 5,7 na escala de Richter.

 

Já o Instituto de Sismologia de Espanha avaliou em 6,3 na escala de Richter a intensidade do abalo sísmico."

VER NOTÍCIA COMPLETA AQUI

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1449732

 

VER  TAMBÉM AQUI

http://www.meteo.pt/pt/sismologia/actividade/

Categorias:
publicado por Cleópatra M.P. às 15:00
link do post | favorito!

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
22
23
25