Sábado, 29 de Janeiro de 2011

 

 

* * *

 

 

* * *

 

Novas pesquisas sugerem que Verões mais quentes poderão, paradoxalmente, abrandar o ritmo do degelo dos glaciares em direcção ao mar. Esta pesquisa utiliza dados recolhidos pelo satélite de observação terrestre mais antigo da Agência Espacial Europeia: o ERS.

 

 

 

Ver AQUI!

 

 

A missão “European Remote Sensing Satellite” (ERS) entrou em operação no início da década de 90 e foi a primeira experiência em satélites de observação da terra coordenada pela Agência Espacial Europeia (ESA). Ao todo foram lançados dois satélites, o ERS-1 que operou entre 1991 e 2000  (inactivo desde 10 de Março de 2000) e o ERS-2 que foi lançado em 21 de Abril de 1995 e continua em actividade. A carga útil dos satélites foi projetada de forma praticamente idêntica, no entanto o ERS-2 incluiu dois instrumentos extra: um desenhado especificamente para monitorizar níveis de ozono na atmosfera (GOME) e o segundo que disponibiliza dados sobre  a humidade da atmosfera (MS). Em resumo, oferecem condições para aquisição de dados em qualquer época do ano, de dia ou a noite, com grande precisão.

 

 

Dados sobre os satélites:

 

 

Satélite 

 

ERS-1 ERS-2
Lançamento 17 Julho 1991 21 Abril 1995

Local de

Lançamento

Kourou, Guiana Francesa
Kourou, Guiana Francesa
Veículo Lançador Ariane 4 Ariane 4
Situação Actual
Inactivo
desde 10/03/2000
Activo

Órbita

 

Heliossíncrona,
quase circular, polar.
Heliossíncrona,
quase circular, polar.
Altitude
785 Km
785 Km
Inclinação
98,5º
98,5º

Tempo de Duração

da Órbita

100 minutos
100 minutos

Horário de

Passagem

10:30 A.M. 10:30 A.M.

Tempo de Vida

 Projectado

 

4 anos
4 anos (e já vai quase
em 16 anos!!)
Sensores

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 09:20
link do post | comentar | favorito!

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
18
21
22

24
25
26

30
31


Tradutor | Translator
Free counters!