Sexta-feira, 30 de Abril de 2010

 

... Eu sou!...

 

* * *

 

* * *

As mulheres sagitarianas
São abnegadas e bacanas
Mas não lhe venham com grossuras
Nem injustiças ou censuras
Porque ela custa mas se esquenta
E pode ser muito violenta.
Aí, o homem que se cuide...
- Também, quem gosta de censura!


 

Vinicius de Moraes

 

 

* David Lanz - Beloved *

publicado por Cleópatra M.P. às 13:00
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 29 de Abril de 2010

 

 

... que já me acompanha há muitos anos!

 

Todos os dias. Sem substituto.

 

Uma escolha acertada. Os meus sentidos agradecem!

                         

                                              

 

                            * * *

 

                        

 

 

 

Perfume Floral amadeirado, com notas de frésia, canela, rosa aquática, peónia, âmbar e almíscar.

 

hummm...!

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito!

Quarta-feira, 28 de Abril de 2010

 

 

* * *

 

 

 

 

* * *

.

 

 

"

All that you touch

All that you see
All that you taste
All you feel
All that you love
All that you hate
All you distrust
All you save
All that you give
All that you deal
All that you buy
Beg, borrow or steal
All you create
All you destroy
All that you do
All that you say
All that you eat
Everyone you meet
All that you slight
Everyone you fight
All that is now
All that is gone
All that's to come
And everything under the sun is in tune
But the sun is eclipsed by the moon.
There is no dark side of the moon really.
Matter of fact it's all dark.

 

"

Pink Floyd, Eclipse

 


 


publicado por Cleópatra M.P. às 08:12
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 27 de Abril de 2010

 

 

... From someone else's dream...

 

 

* * *

 

 

* * *

publicado por Cleópatra M.P. às 08:10
link do post | comentar | favorito!

Domingo, 25 de Abril de 2010

 

* * *

 

Na vida, ao contrário do xadrez,

 

o jogo continua depois do xeque-mate.

 

Isaac Asimov

 

* * *

 

* * *


publicado por Cleópatra M.P. às 21:06
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito!

 

* * *

 

 

 

* * *

 

"Nós poderíamos ser muito melhores se não quiséssemos ser tão bons"

 

Sigemund Freud

 

 

* George Winston - Remembrance *

 


publicado por Cleópatra M.P. às 19:23
link do post | comentar | favorito!

Sexta-feira, 23 de Abril de 2010

 

 

* * *

 

É necessário que um dia todos os homens vejam que o

 

desejo de chegar mais longe,

 

a atenção à crítica, a calma ante o que fere,

 

nada têm com a força e a fraqueza:

 

são qualidades da alma.

 

 

Agostinho da Silva, in Parábola da Mulher de Loth


 

* * *

 

                             * * *

 


publicado por Cleópatra M.P. às 08:23
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 22 de Abril de 2010

 

 

Comemora-se hoje o Dia da Terra!


 

* * *

.

 

 

                              * * *

 

 

LER AQUI

 

 

"O dia da Terra passa quase despercebido em Portugal. Criado em 1970, pelo senador norte-americano Gaylord Neson, manifesta-se essencialmente nas escolas do país.

O que começou, em 1970, como um protesto nacional contra a poluição, é assinalado à escala mundial, com iniciativas centradas na preservação do Planeta e na importância da reciclagem.

Por todo o país decorrem actividades que comemoram o Dia da Terra, assinalado mundialmente, a partir de 1990, no dia 22 de Abril.

No Porto o projecto "Together Green", vai oferecer flores na Rua S. Francisco Xavier. Se um dos 78 estudantes de “t-shirt” verde mobilizados para a campanha lhe oferecer flores não estranhe, não é "Impulse", é o Dia da Terra."

 

in JN, 22 Abril 2010

 

LER MAIS AQUI

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 08:30
link do post | comentar | favorito!

 

 

* * *

 

O entusiasmo é a maior força da alma.

 

Conserva-o e nunca te faltará poder para

 

conseguires o que desejas.

 

 

Napoleão Bonaparte

 

 

* * *

 

 

 

* * *

 

 

 

* Vangelis - Sword of Orion *

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 08:12
link do post | comentar | favorito!

Quarta-feira, 21 de Abril de 2010

 

 

* * *

 

 

 

 

 

* * *

 

“Não podemos afirmar a inocência de ninguém, ao passo que podemos afirmar com segurança a culpabilidade de todos. Cada homem atesta o crime de todos os outros, eis a minha fé e a minha esperança. (…) As religiões enganam-se desde o momento em que pregam moral e fulminam mandamentos. Deus não é necessário para criar a culpabilidade nem para castigar. Para isso bastam os nossos semelhantes, ajudados por nós próprios. O senhor falava-me do Juízo Final. Permita-me que ria respeitosamente. Eu espero-o a pé firme: conheci o que há de pior, que é o juízo dos homens. Para eles, nada de circunstâncias atenuantes, mesmo a boa intenção é considerada crime.”


 

Albert Camus, in A Queda

 

 

* Zeca Baleiro - Juízo Final *


publicado por Cleópatra M.P. às 00:09
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 20 de Abril de 2010

 

 

 

 

* * *

 

INCRIVELMENTE ACTUAL.jpeg

 

 

* * *

 

 

"Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas;
um povo em catalepsia ambulante, não se lembrando nem donde vem, nem onde está, nem para onde vai;
um povo, enfim, que eu adoro, porque sofre e é bom, e guarda ainda na noite da sua inconsciência como que um lampejo misterioso da alma nacional, reflexo de astro em silêncio escuro de lagoa morta.

[.] Uma burguesia, cívica e politicamente corrupta até à medula, não descriminando já o bem do mal, sem palavras, sem vergonha, sem carácter, havendo homens que, honrados na vida íntima, descambam na vida pública em pantomineiros e sevandijas, capazes de toda a veniaga e toda a infâmia, da mentira à falsificação, da violência ao roubo, donde provém que na política portuguesa sucedam, entre a indiferença geral, escândalos monstruosos, absolutamente inverosímeis no Limoeiro.

Um poder legislativo, esfregão de cozinha do executivo; este criado de quarto do moderador; e este, finalmente, tornado absoluto pela abdicação unânime do País.
A justiça ao arbítrio da Política, torcendo-lhe a vara ao ponto de fazer dela saca-rolhas.

Dois partidos sem ideias, sem planos, sem convicções, incapazes, vivendo ambos do mesmo utilitarismo céptico e pervertido, análogos nas palavras, idênticos nos actos, iguais um ao outro como duas metades do mesmo zero, e não se malgando e fundindo, apesar disso, pela razão que alguém deu no parlamento, de não caberem todos duma vez na mesma sala de jantar."

 

 

Guerra Junqueiro, in "Pátria", 1896

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 08:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito!

Domingo, 18 de Abril de 2010

 

Mãe Natureza em acção:

 

A erupção do Vulcão Eyjafallajokull, no Sul da Islândia.

 

21 de Março

 

* * *

 

 

 

 

 

 

* * *


VER NOTÍCIA AQUI

 

VER RADAR VIRTUAL AQUI

 

 


publicado por Cleópatra M.P. às 16:35
link do post | comentar | favorito!

 

... e do LH4554...


 

* * *

 

 

* * *


 

<object width="480" height="295"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/QsWhdqtpOCY&hl=pt_PT&fs=1&rel=0"></param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/QsWhdqtpOCY&hl=pt_PT&fs=1&rel=0" type="application/x-shockwave-flash" allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" width="480" height="295"></embed></object>
publicado por Cleópatra M.P. às 16:00
link do post | comentar | favorito!

Sábado, 17 de Abril de 2010

 

 

* * *

 

 

* * *

 

"Oh, dádiva de Deus! Um dia perfeito,

em que o homem não trabahará,

mas terá tempo de lazer,

em que me bastará nada fazer

e apenas ser."

 

Henry Wadsworth Longfellow


publicado por Cleópatra M.P. às 21:41
link do post | comentar | favorito!

Sexta-feira, 16 de Abril de 2010

 

... Sem poema, mas com muita beleza.


 

* * *

 

 ESCADA EM CARACOL.jpg

 

* * *

publicado por Cleópatra M.P. às 08:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito!

 

 

 

 

* * *

 

 

ESCADA DA VIDA.jpg

 

 

 

* * *

 

 

 

É uma escada em caracol
e que não tem corrimão.
Vai a caminho do Sol
mas nunca passa do chão.

Os degraus, quanto mais altos,
mais estragados estão.
Nem sustos nem sobressaltos
servem sequer de lição.

Quem tem medo não a sobe.
Quem tem sonhos também não.
Há quem chegue a deitar fora
O lastro do coração.

Sobe-se numa corrida.
Corre-se p'rigos em vão.
Adivinhaste: é a vida
a escada sem corrimão.

 

 

David Mourão-Ferreira, "Escada em Caracol"

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 08:29
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 15 de Abril de 2010

 

 

* * *

 

 

 

* * *

 

 

"CADA DIA COMO O PRIMEIRO: CADA DIA UMA VIDA."

 

 

Dag Hammarskjold

 

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 21:01
link do post | comentar | favorito!

 

 

* * *

 

MEDO DE AMAR.jpg

 

 

 

                                 * * *

            

 

 

 

"Temer o amor é temer a vida e os que

 

temem a vida já estão meio mortos."

 

 

Bertrand Russell

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 19:58
link do post | comentar | favorito!

Quarta-feira, 14 de Abril de 2010

 

 

* * *

 

.

* * *

 

"Nós temos cinco sentidos:
 

são dois pares e meio de asas.

- Como quereis o equilíbrio?"

 

 

David Mourão Ferreira


Categorias: , ,
publicado por Cleópatra M.P. às 18:00
link do post | comentar | favorito!

Segunda-feira, 12 de Abril de 2010

 

* * *

 

 

.

RAINHA SEM ARMADURAS.jpg

 

.

 

 

* * *

.

"Por trás de qualquer rainha existe uma história com o seu lado de fantasia e de vivências que gostaria de esquecer, de amores que nasceram limpos e depressa perderam o sentido, de noites sem sono, de beijos a fazer crer que o amor era possível e de sentimentos que um dia poderão ter sido autênticos.

 

Por trás de qualquer rainha há a história de um coração inocente e de uma coroa desconhecida.

 

Por trás de qualquer rainha há um sonho de busca eterna, pela qual ela é capaz de empenhar até a coroa e de enfrentar os demónios mais obscuros.

 

Por trás de qualquer rainha há uma história confessável de amor perdido, atraiçoado, encontrado, sonhado, sentido, ignorado e aprendido.

 

Dentro de qualquer rainha existe uma alma forte que arrisca tudo desde que possa viver a sua vida e alcançar o destino da sua coroa."

 


Rosetta Forner, in A Rainha Que Mandou à Fava o Cavaleiro de Armadura Oxidada


 

 

 
publicado por Cleópatra M.P. às 22:00
link do post | comentar | favorito!

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13

19
24

26


Tradutor | Translator
Free counters!