Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

 

* * *

 

 

* * *

 

... mais um bombom que um amigo me ofereceu:


 

"Existem pessoas nas nossas vidas que nos fazem felizes pela simples casualidade de terem cruzado o nosso caminho. Algumas percorrem o caminho a nosso lado, vendo muitas luas passar, mas outras apenas vemos entre um passo e outro. A todas chamamos amigos e há muitas classes deles. Talvez cada folha de uma árvore represente um dos nossos amigos. Os primeiros a nascer são o nosso amigo Pai e a nossa amiga Mãe, que nos mostram o que é a vida. Depois, vêm os amigos Irmãos, com quem dividimos o nosso espaço para que possam florescer como nós. Passamos a conhecer toda a família de folhas a quem respeitamos e desejamos o bem. Mas o destino apresenta-nos a outros amigos, os quais não sabíamos que iriam cruzar-se no nosso caminho. A muitos deles chamamos amigos da alma e do coração. São sinceros, verdadeiros, sabem quando não estamos bem o que nos faz feliz. E, por vezes, um desses nossos amigos da alma estala no nosso coração e então chamamos-lhe um amigo namorado. Esse dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios e saltos aos nossos pés. Mas também há aqueles amigos de passagem, talvez umas férias ou uns dias ou umas horas. Eles colocam-nos sorrisos no rosto durante o tempo que estamos com eles. Não podemos esquecer os amigos distantes, aqueles que estão na "ponta das ramas" e que quando o vento sopra, sempre aparecem entre uma folha e outra. O tempo passa, o Verão vai-se, o Outono aproxima-se e perdemos algumas das nossas folhas, algumas nascem noutro Verão e outras permanecem por muitas estações. Mas o que nos deixa mais felizes é que as folhas que caíram continuam juntas, alimentando a nossa raiz com alegria. São recordações de momentos maravilhosos de quando se cruzaram no nosso caminho. Cada pessoa que passa na nossa vida é única. Deixa sempre um pouco de si e leva um pouco de nós. Haverá os que levam muito, mas não haverá os que não nos deixam nada!

Esta é a maior responsabilidade da nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por casualidade."

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 09:55
link do post | comentar | favorito!

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12

15
16
17
18
20

22
24
26
27



Tradutor | Translator
Free counters!