Quarta-feira, 15 de Abril de 2015

 

 

* * *

'Sunset.

Another sunset.

I know it looks undistinguishable from the last but I remember the difference.'

* * *

 

 

Hoje finalmente encontrei este tema!

Só o ouvi uma vez, há vários anos.

 

E há vários anos que o procurava, mas não sabia o titulo nem o autor.

Mesmo assim, procurei das mais variadas formas. E nada!

 

Eu sabia que o encontraria. 

Nos últimos dias, estava constantemente a lembrar-me dele,

e com a sensação estranhamente boa que o encontraria em breve.


E sim! Foi hoje!


O tema veio ter comigo! Literalmente!

Na Rádio Nostalgia​, ao início da noite, na edição da"Idade da inocência" de Luis Ferreira de Almeida.

Eu estava a conduzir, e quando ouvi as primeiras notas e me pareceu o tema que eu tanto procurei,

tive que parar o carro para ouvir! Eu sei, é estranho, mas é verdade!


Foi um momento muito feliz para mim.

Obrigada Rádio Nostalgia! 

Obrigada Luis Ferreira de Almeida por ter escolhido precisamente este tema, entre tantos outros,

para homenagear Richard Harris.

 

'Slides' de Richard Harris!!!

 

Muito bom. Encontrei-o!

Encontrei-o, finalmente!

 

 

RÁDIO NOSTALGIA - Online

 

RADIO NOSTALGIA - Facebook

 

 

 

* * *

 

SLIDES. ENCONTREI-TE | SLIDES. I FOUND YOU

 

 

* * *

 

 

"Morning chaps.

I’d like to welcome you back to the third form of your years,

I trust you’ll thrive in here.

Others in the past have come alive in here.

Happy to say they found their way.

You recall I asked, back when I saw you last,

that you’d consult my list of books for summer reading.

We’ll go over those and others

you’ll be needing for the coming year, if I’m still here.

I suppose you heard the word that’s going about,

my superiors doubt I’m fit to teach you.

Have a nip before the game and they’ll impeach you.

Forget about the fact that I reach you.

I reach you.

Well, enough of that.

Lets get on with it.

I’ve arranged to show some slides that might amuse you.

And if, of course, you’re bored, then I’ll excuse you.

Though what you’re about to see,

in times of sickness, is my cure,

living well is my best revenge, you can be sure.

This is the Grand Canyon, in the great State of Arizona.

See there, the magnificent blend of all the colours of the rainbow.

It is virtually unphotographable at any given point to so vast.

The Colorado River trickles through its base like a deeply buried brook.

Geologists say that with time and erosion the Pacific Ocean,

some 300 miles West, will one day reach the Canyon and flow through there.

I camped here, see?

Right there.

Oh, what peace I found.

The only sounds I heard were the sounds I made.

No-no, it is true.

And here beyond, on a remote roadside stand,

an Indian boy planted himself arms folded beneath a sign 

that said “seashells should lead the world”.

This is a hobo, a dying bread.

A pity.

He claimed that an inheritance fortune

awaited him in a bank back East but he couldn’t care less.

There’s more of them.

The one with the umbrella claimed to be the real Mr. Bojangles.

Sunset.

Another sunset.

I know it looks undistinguishable from the last but I remember the difference.

Vancouver, British Columbia.

I spent some time there at a ski lodge.

Something so healthy and wholesome about skiers.

Like this one.

She always seemed to appear when I took a slip

on the slops where I had no business being.

But I’d look up and there she’d be.

And soon it happen that whenever she’d turned and look up, there I’d be.

The chalet.

Inside there, by a warm fire, is where my mind has want to wander now.

To the scent of pine and the taste of wine.

You’re too young for wine now but make a note of it.

There she is again.

We rented those horses for a day.

See mine? His name was...

Oh what was it now? I forget. Oh yes, it was sugar.

And there’s my friend again.

She looks rather sad there.

It seems that everyday, well, she always had some special plan for us.

And this, this is a beautiful Indian girl.

Look at her!

She and her secret mysterious ways.

The pride of her people.

Our sunshine, the said of her.

This was the road South into Oregon.

This is how logs are transported, long rafts that trail the northwest rivers.

Big Sur, California.

An old Spanish Mission.

Carmel, California.

Those trees seemed frozen against the landscape.

They remind me of a book I once heard of called The Cypresses Believe in God.

This was near the end of my adventure.

The clock in my head told me it was time to leave.

So that I was more concerned with seeing

what I could first hand

rather then rush for the camera.

I find that travelling alone is somehow more realistic then with others.

You find yourself in a new place all alone and you deal with it

as oppose to when you’re with others who are familiar to you

and in a sense shelter you from situations you would otherwise meet head on.

You know what I mean?

Besides, if your loved ones are with you, you have no one to go home to."



Richard Harris, Slides, 1972
 

 

 


Slides - Richard Harris (original album version)

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito!

Sexta-feira, 20 de Setembro de 2013

 

 

Tudo de bom na Vida para ti, meu amor.

Minha linda Pipoca Lagartixa!



 

 

* * *

 

PARA A MINHA PIPOCA LAGARTIXA

 

 

* * *

 

 

 

Quando vocês estiverem tristes, pensem em coisas lindas:
Balas, travessuras, carinho, carrinho, beijo de mãe,
Brincadeira de queimado, árvore de natal,
Árvore de jabuticaba, céu amarelo, bolas azuis,
Risadas, colo de pai, história de avó...
Quando vocês forem grandes e acharem que a vida não é linda,
Pensem em coisas lindas.
Mas pensem com força, com muita força,
Porque aí o céu vai ficar cheio de vacas gordas amarelas,
Cachorro bonzinho, bruxa simpática,
Sorvete de chocolate, caramelos e amigos
Vamos, vamos lá! vamos pensar só em coisas lindas!
Brincar na chuva, boneca nova, boneca velha, bola grande,
Mar verde, submarino amarelo, fruta molhada, banho de rio,
Guerra de travesseiro, boneco de areia, princesas,
Heróis, cavalos voadores...

 

 

Oswaldo Montenegro

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 25 de Outubro de 2012

 

 

* * *

 

PORTRAIT OF MADAME HEIM

 

 

* * *

 

 

Um trabalho fabuloso de Robert Delaunay. Portrait of Madame Heim.

 

Tive o prazer de estar a escassos centímetros do original, na semana passada em Madrid. É de facto um quadro fantástico, com cores quase mágicas que nos prendem os sentidos. Não é possível passar por ele e simplesmente olhar. É imperioso parar e ver.

 

 

Cleópatra

 

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 23 de Outubro de 2012

 

 

* * *

 

SOMETHING I SHOULD HAVE SAID LONG AGO...

 

* * *

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 19 de Abril de 2012

 

 

 * * *

 

BEAUTIFUL! THE CORAL TRIANGLE 1

 

 

* * *

 

 

 

 

* * * 

BEAUTIFUL! THE CORAL TRIANGLE 2
 
* * *

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | favorito!

Domingo, 11 de Dezembro de 2011

 

 

Youtube e Ridley Scott apresentam 'Life in a Day'.

 

Um documentário sobre um único dia na Terra: 24 de Julho de 2010. Uma colectânea de vídeos comuns, filmados por pessoas comuns e que relata o quotidiano vivido nos quatro cantos do Mundo.

 

Sem dúvida, vale a pena ver.

 

* * *

 

 

* * *

  


Life In A Day

 

 

* * *

 

 

* * *

 
publicado por Cleópatra M.P. às 14:41
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2011

 

 

Nas noites de hoje, amanhã e depois,

 

a chuva de 'estrelas cadentes'

 

estará no seu máximo.

 

 

São as Perseidas,

 

a chuva de meteoros mais 'famosa' do ano!

 

 

 

* * *

 

* * *

 

Perseidas, porque parece ser originária das vizinhanças

da estrela gamma persei na constelação Perseu.

 

É uma chuva provocada pela intersecção da órbita

da Terra com a órbita do cometa Swift-Tuttle.

 

O facto de estar Lua Cheia vai 'ofuscar'

um pouco o brilho da 'chuva'.

Até porque luar como o de Agosto,

só o de Janeiro...

Mas com uma Taxa Horária Zenital prevista

de 100 meteoros, uau!

 

Bem, é esperar para ver!

Aproveitar o céu limpo!

 

 A não perder a partir da meia noite!

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 23:45
link do post | comentar | favorito!

Sexta-feira, 10 de Junho de 2011

 

 

O nosso Mundo tem coisas muito belas!

 

Aqui fica uma delas.

 

Que imagem deliciosa!

 

 

* * *

 

* * *

 

E segundo parece, esta fotografia foi tirada cá em Portugal, na Arrábida!

 

Linda, não é?

 

Um verdadeiro doce para os sentidos!

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:01
link do post | comentar | favorito!

Sexta-feira, 13 de Maio de 2011

 

 

Mais um belo anúncio publicitário.

 

Forte, mas suave!

 

 

* * *

 

 

Panadol TV ad "Elephants"

 

 

* * *

 

[Não encontrei a versão portuguesa...]

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 07:00
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 12 de Maio de 2011

 

Lembram-se deste anúncio publicitário de 1989?

 

Eu lembro-me bem!

 

Muito bem conseguido!

 

 

* * *

 

Gillette - O Melhor Para o Homem!

 

* * *

publicado por Cleópatra M.P. às 00:20
link do post | comentar | favorito!

Quarta-feira, 23 de Março de 2011

 

 

                            * * *

 

.

 

                           * * *

.

publicado por Cleópatra M.P. às 22:55
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 17 de Março de 2011

 

 

Oxalá esteja Céu limpo!

 

 

* * *

 

 

* * *

 

"O Mundo vai poder observar a maior Lua cheia das últimas duas décadas no próximo sábado. Como é véspera de equinócio, quem paga é a Páscoa, que se vê este ano empurrada para mais tarde no calendário.

 

No dia 19 de Março, a Lua vai parecer invulgarmente maior, porque vai ficar tão próxima da Terra como não acontecia há 18 anos, explicou Rui Jorge Agostinho, director do Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), citado pela agência Lusa.

 

O fenómeno de aproximação da lua à Terra é designado perigeu (oposto ao apogeu, quando está mais afastada), explica-se por a órbita deste satélite não ser circular, mas elíptica, e não é invulgar, acontecendo todos os anos.

 

O que acontece de extraordinário este ano é explicado pelo astrónomo: "A forma da elipse, a excentricidade da elipse, varia periodicamente, às vezes é mais alongada, outras mais curta. Alguns dos perigeus que ocorrem sucessivamente são mais próximos do que outros".

 

"A coincidência é haver um perigeu desses muito próximos e que também coincide com a Lua cheia, e isso dá uma Lua maior do que o habitual", acrescentou.

 

Nelma Silva, do núcleo de divulgação do Centro de Astrofísica da Universidade do Porto, especificou que este perigeu vai fazer com que a Lua esteja a cerca de 356 mil quilómetros da Terra, enquanto que em média está à volta dos 360 mil quilómetros de distância."  (in JN, 17 Março 2011)

 

Ler artigo completo AQUI

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 11:05
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 30 de Novembro de 2010

 

 

 

* * *

 

* * *

 

"I look in the mirror
And what do I see?
A strange looking person
That cannot be me.

For I am much younger
And not nearly so fat
As that face in the mirror
I am looking at.

Oh, where are the mirrors
That I used to know
Like the ones which were
Made thirty years ago?

Now all things have changed
And I'm sure you'll agree
Mirrors are not as good
As they used to be.

So never be concerned,
If wrinkles appear
For one thing I've learned
Which is very clear,

Should your complexion
Be less than perfection,
It is really the mirror
That needs correction!!

 

 

The Mirror
Edmund Burke, 1729-1797, Irish Philosopher

 

publicado por Cleópatra M.P. às 16:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito!

Segunda-feira, 4 de Outubro de 2010

 

 

 

Simplesmente, simples.

 

Com muita simplicidade,

 

de forma simplista.

 

Mas simplória, jamais!

 

 

 

* * *

 

 

 

 

* * *

 

publicado por Cleópatra M.P. às 16:11
link do post | comentar | favorito!

Domingo, 19 de Setembro de 2010

 

"

Cleópatra pintava os olhos para preservar a saúde

Negro sedutor? Nem por isso.

As egípcias maquilhavam os olhos para se protegerem. Um segredo milenar que é agora revelado.

 

 
 
.

Sedutora e vaidosa, Cleópatra, a imperatriz egípcia, entrou para a história como uma mulher forte e uma estratega. Mas também marcou pelos seus conhecimentos dos tratamentos de beleza. Ficaram célebres os seus banhos em leite de burra. O que não se sabia até agora é que a pesada maquilhagem dos olhos visava mais do que apenas seduzir.

 

Cientistas franceses descobriram, segundo o jornal brasileiro "o Globo", que a maquilhagem marcadamente negra dos olhos das mulheres egípcias da altura ajudavam a manter afastadas doenças oculares.

 

O estudo foi publicado na revista científica "Analytical Chemistry" e, depois de uma detalhada análise, revela a importância dos sais utilizados durante séculos na pintura dos olhos. É que, se utilizados em doses reduzidas, certos sais produzem óxido nítrico, a verdadeira razão do sucesso da maquilhagem egípcia.

 

O óxido nítrico estimula o sistema de defesa humano na destruição de bactérias causadoras de infecções oculares. Não se sabe, contudo, como as mulheres da Antiguidade descobriram os efeitos dos sais.

 

Até há pouco tempo, a ideia geral é justamente a contrária à descoberta pelos cientistas franceses. Um olhar literalmente fatal, devido à presença de cloreto de chumbo naquele tipo de pinturas. Mas, os autores do estudo já citado explicam que as doses deste sal eram tão reduzidas que acabavam por ter um efeito positivo sobre a saúde feminina.

 

O coordenador da pesquisa, Philippe Walter, explica que chegou a estas conclusões através do desenvolvimento de um electrodo com a espessura equivalente a de um decido da espessura de um fio de cabelo para investigar o efeito do cloreto de sódio sobre uma única célula humana. O resultado foi a libertação pela célula de substâncias de defesa. Assim, o investigador está convencido de que ao se maquilhar, as mulheres egípcias procuravam não apenas um método de cosmética mas também uma forma de se protegerem.

.
"
Christiana Martins (www.expresso.pt)
 Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010

 

publicado por Cleópatra M.P. às 12:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito!

Quinta-feira, 12 de Agosto de 2010

 

 

... Marooned...!

 

 

 

* * *

 

 

 

 

* * *

publicado por Cleópatra M.P. às 02:46
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito!

Sábado, 10 de Julho de 2010

 

 

* * *

 

 

 

* * *

 

 

As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para uns, que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para outros, os sábios, são problemas. Para o meu negociante, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam. Tu porém, terás estrelas como ninguém... Quero dizer: quando olhares o céu de noite, (porque habitarei uma delas e estarei rindo), então será como se todas as estrelas te rissem! E tu terás estrelas que sabem sorrir! Assim, tu te sentirás contente por me teres conhecido. Tu serás sempre meu amigo (basta olhar para o céu e estarei lá). Terás vontade de rir comigo. E abrirá, às vezes, a janela à toa, por gosto... e teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu. Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!

 

 

Antoine de Saint-Exupéry, in "O Principezinho"

 


publicado por Cleópatra M.P. às 21:42
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito!

Domingo, 27 de Junho de 2010

 

 

* * *

 

* * *

 

* Mono - Moonlight *



publicado por Cleópatra M.P. às 00:11
link do post | comentar | favorito!

Sábado, 12 de Junho de 2010

 

 

* * *

 

 

 

* * *

 

 

O que as grandes e puras afeições têm


de bom é que depois da felicidade de as


ter sentido, resta ainda a felicidade

 

de recordá-las.

 

 

Alexandre Dumas filho

 

 

 

* * *

 

 

 

* * *


publicado por Cleópatra M.P. às 22:58
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito!

Quarta-feira, 9 de Junho de 2010
 

 

* * *

 

 MORENA.jpg

 

* * *


Não negues, confessa
Que tens certa pena
Que as mais raparigas
Te chamem morena.

Pois eu não gostava,
Parece-me a mim,
De ver o teu rosto
Da cor do jasmim.

Eu não... mas enfim
É fraca a razão,
Pois pouco te importa
Que eu goste ou que não.

Mas olha as violetas
Que, sendo umas pretas,
O cheiro que têm!
Vê lá que seria,
Se Deus as fizesse
Morenas também!

Tu és a mais rara
De todas as rosas;
E as coisas mais raras
São mais preciosas.

Há rosas dobradas
E há-as singelas;
Mas são todas elas
Azuis, amarelas,
De cor de açucenas,
De muita outra cor;
Mas rosas morenas,
Só tu, linda flor.

E olha que foram
Morenas e bem
As moças mais lindas
De Jerusalém.
E a Virgem Maria
Não sei... mas seria
Morena também.

Moreno era Cristo.
Vê lá depois disto
Se ainda tens pena
Que as mais raparigas
Te chamem morena!



Guerra Junqueiro, Morena in 'A Musa em Férias'

 


publicado por Cleópatra M.P. às 00:01
link do post | comentar | favorito!

Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Tradutor | Translator
Free counters!