Quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

 

 

Esta é uma 'selfie' fantástica captada pela sonda espacial Rosetta

ao cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, cuja superfície se encontra

a apenas 16Km de distância!

Absolutamente fantástico!

 

 

* * *

 

Rosetta é uma sonda espacial construída e lançada pela Agência Espacial Europeia (ESA) com a missão de encontrar-se no espaço e fazer um estudo detalhado do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, que viaja entre as órbitas da Terra e de Júpiter. Ela integra o conjunto de missões Horizon 2000 da agência espacial e é a primeira sonda construída para orbitar e pousar num cometa.

Lançada em 2 de março de 2004 da base de Kourou, na Guiana Francesa, no topo de um foguetão Ariane 5 G+, a sonda atingiu seu alvo na metade de 2014. A nave compreende duas partes, a sonda espacial Rosetta, que carrega 11 instrumentos, e o pousador-robótico Philae, que transporta mais dez. A missão orbitará o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko por 17 meses e foi construída para fazer o mais detalhado estudo de um cometa jamais tentado.

A sonda recebeu este nome em homenagem à Pedra da Rosetta, que após sua descoberta em 1799 auxiliou no entendimento dos hieróglifos egípcios. O módulo pousador é batizado com o nome da ilha de Filas, no rio Nilo, onde foi descoberto um obelisco que também contribuiu para decifrar os hieróglifos de Rosetta.

Desde seu lançamento, esta sonda espacial já orbitou o Sol cinco vezes, realizou dois sobrevoos de asteroides e um sobrevoo de Marte, enviando dados e imagens. Depois do sobrevoo do planeta vermelho em 2007, em setembro de 2008 ela sobrevoou o asteroide 2867 Šteins e em julho de 2010 o asteroide 21 Lutetia. Depois de passar 31 meses em estado de "hibernação" no espaço, num modo de rotação estabilizada com todos os equipamentos desligados, à exceção do computador de bordo, numa órbita a caminho de seu encontro final, ela foi religada com sucesso em 20 de janeiro de 2014 pelos cientistas da ESA no centro de controle de Darmstadt, na Alemanha, enviando de volta seu primeiro sinal após mais de dois anos e meio.

Em 6 de agosto de 2014, ela tornou-se a primeira sonda espacial na história a entrar em órbita de um cometa.

 

 

 

* * *

 

QUE SELFIE - WHAT A SELFIE

 

 

* * *

 

O objetivo inicial da missão Rosetta era visitar o cometa denominado 46P/ Wirtanen. Mas devido a contratempos no veículo lançador, o foguetão Ariane 5, a Agência Especial Europeia (ESA) teve que escolher um outro cometa a ser visitado. Após cuidadosas análises, o escolhido foi o cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Com esta escolha a sonda Rosetta terá que executar uma trajetória bastante complexa que vai incluir três passagens pela Terra e uma passagem por Marte, para realizar manobras com o auxílio da força gravitacional destes planetas, para que a sonda chegue ao cometa. Essas manobras são denominadas de assistência gravitacional. Neste caminho a sonda irá visitar por duas vezes o Cinturão de Asteróides. Quando finalmente conseguir chegar ao cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, a sonda vai entrar em órbita do mesmo e vai acompanhar o cometa em sua viagem em direção ao Sol.

A sonda pesquisará o cometa por um período de 18 meses seguidos, utilizando todos os seus 11 instrumentos de pesquisa durante seu mergulho para o interior do Sistema Solar.

Como o cometa Churyumov-Gerasimenko é tipicamente mais ativo quando ele se encontra mais próximo do Sol, os cientistas poderão observar de perto as mudanças que o cometa sofrerá. Espera-se que esta bola de gelo sofra grandes alterações e passe a jorrar gases através de furos na sua superfície. Porém o cometa apresenta um grande periélio e a sonda não deverá ser afetada pelo calor do Sol. Pouco se sabe sobre este cometa, pois ele reflete muita pouca luz e seu núcleo fica totalmente envolvido por gases e partículas, quando ele viaja próximo ao Sol.

Toda esta missão deverá terminar em Dezembro de 2015, seis meses depois que o cometa passar pelo seu periélio e iniciará o seu retorno para as regiões frias de Júpiter. O período de orbitação do cometa é de 6,57 anos.

 

 

* * *

 

 

VER MAIS:

 

 

Rosetta Blog

 

 

Rosetta mission selfie at 16 km

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2014
 

 

 

 

Astronaut John H. Glenn Jr. enters his Mercury capsule, “Friendship 7”

 

as he prepares for launch of the Mercury-Atlas rocket.

 

On February 20, 1962

 

 

 

* * *

 

 FRIENDSHIP 7 - 1962

 

 

* * *

 

 

O astronauta John H. Glenn Jr. entra na cápsula Mercury, "Friendship 7"

enquanto se prepara para o lançamento do foguetão Mercury-Atlas.


Em 20 de fevereiro de 1962.

 

  

 
publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | favorito!

Domingo, 16 de Junho de 2013

 

 

Valentina Tereshkova

 

At the age of 26,  she was the first woman in Space.

 

 

 

 

* * *

 

 

 

* * *

 

 

 

First woman in space: Valentina

 

 

Valentina Tereshkova
 
 
 
16 June 2013
 
 

Valentina Tereshkova was born in Maslennikovo, near Yaroslavl, in Russia on 6 March 1937. Her father was a tractor driver and her mother worked in a textile factory. Interested in parachuting from a young age, Tereshkova began skydiving at a local flying club, making her first jump at the age of 22 in May 1959. At the time of her selection as a cosmonaut, she was working as a textile worker in a local factory.

After the first human spaceflight by Yuri Gagarin, the selection of female cosmonaut trainees was authorised by the Soviet government, with the aim of ensuring the first woman in space was a Soviet citizen.

On 16 February 1962, out of more than 400 applicants, five women were selected to join the cosmonaut corps: Tatyana Kuznetsova, Irina Solovyova, Zhanna Yorkina, Valentina Ponomaryova and Valentina Tereshkova. The group spent several months in training, which included weightless flights, isolation tests, centrifuge tests, 120 parachute jumps and pilot training in jet aircraft.

Four candidates passed the final examinations in November 1962, after which they were commissioned as lieutenants in the Soviet air force (meaning Tereshkova also became the first civilian to fly in space, since technically these were only honorary ranks).

Originally a joint mission was planned that would see two women launched on solo Vostok flights on consecutive days in March or April 1963. Tereshkova, Solovyova and Ponomaryova were the leading candidates. It was intended that Tereshkova would be launched first in Vostok 5, with Ponomaryova following her in Vostok 6.

However, this plan was changed in March 1963: Vostok 5 would carry a male cosmonaut, Valeri Bykovsky, flying the mission with a woman in Vostok 6 in June. The Russian space authorities nominated Tereshkova to make the joint flight.

 

 

Flight of the ‘Seagull’

 

Valentina Tereshkova
 
 

After watching the launch of Vostok 5 at Baikonur Cosmodrome on 14 June, Tereshkova completed preparations for her own flight. On the morning of 16 June, Tereshkova and her backup Solovyova both dressed in spacesuits and were taken to the launch pad by bus. After completing checks of communication and life support systems, she was sealed inside her spacecraft. 

After a two-hour countdown, Vostok 6 lifted off without fault and, within hours, she was in communication with Bykovsky in Vostok 5, marking the second time that two manned spacecraft were in space at the same time. With the radio call sign ‘Chaika’ (‘seagull’), Tereshkova had become the first woman in space. She was 26. 

Tereshkova’s televised image was broadcast throughout the Soviet Union and she spoke to Khrushchev by radio. She maintained a flight log and performed various tests to collect data on her body’s reaction to spaceflight. Her photographs of Earth and the horizon were later used to identify aerosol layers within the atmosphere.

Her mission lasted just under three days (two days, 23 hours, and 12 minutes). With a single flight, she had logged more flight time than the all the US Mercury astronauts who had flown to that date combined. Both Tereshkova and Bykovsky were record-holders. Bykovsky had spent nearly five days in orbit and even today he retains the record for having spent the longest period of time in space alone.

 

 

[Article from ESA]

 

 

* * *

 
 Valentina Tereshkova First Woman in Space
 
* * *
 
publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012

 

 

* * *

 

NEBULOSAS

 

 

* * *

 Mellote 15, Eagle, Purple, Helix, ..., Horse.

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 19:07
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 12 de Abril de 2011

 

 

Yuri Gagarin no Espaço - Foi há 50 Anos!

 

 

 

 

Hoje comemora-se o 50º Aniversário do primeiro Ser Humano no Espaço:

 

Yuri Gagarin, então com 27 anos, a bordo da Vostok 1.

 

Yuri esteve em órbita durante 108 minutos.

 

 

 

 

"I see Earth! it is so beautiful!"



Yuri Gagarin

 

publicado por Cleópatra M.P. às 16:21
link do post | comentar | favorito!

Segunda-feira, 7 de Março de 2011

 

* * *

 

* * *

 

"Dá-me a tua mão:
Vou agora te contar
como entrei no inexpressivo
que sempre foi a minha busca cega e secreta.
De como entrei
naquilo que existe entre o número um e o número dois,
de como vi a linha de mistério e fogo,
e que é linha sub-reptícia.

Entre duas notas de música existe uma nota,
entre dois fatos existe um fato,
entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam
existe um intervalo de espaço,
existe um sentir que é entre o sentir
– nos interstícios da matéria primordial
está a linha de mistério e fogo
que é a respiração do mundo,
e a respiração contínua do mundo
é aquilo que ouvimos
e chamamos de silêncio."

 

Clarice Lispector

 

publicado por Cleópatra M.P. às 10:40
link do post | comentar | favorito!

Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011

 

 

* * *

 

* * *

 

Estação Espacial Internacional.
 
Muito interessante.
 
Ver AQUI!

 

publicado por Cleópatra M.P. às 18:00
link do post | comentar | favorito!

Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010

 

 

 VOTOS DE BOAS FESTAS A PARTIR DA

 

ESTAÇÃO ESPACIAL INTERNACIONAL

 

VER AQUI!

 

 

* * *

 

 

* * *

publicado por Cleópatra M.P. às 14:48
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito!

Domingo, 31 de Outubro de 2010

 

 

Milhões de planetas do tamanho da Terra!!

 

 

* * *

 

* * *

 

 

"A nossa galáxia contém cerca de 200 mil milhões de estrelas, contando com 46 mil milhões de planetas como o nosso.

 

Uma em cada quatro estrelas da nossa galáxia, semelhantes ao Sol, podem ter planetas do mesmo tamanho da Terra. Tal significa que podem existir vários milhões só na Via Láctea, dos quais uma centena com a potencialidade de albergar vida, segundo um estudo da agência espacial norte-americana (NASA).

"Os dados recolhidos dizem- -nos que a nossa galáxia, que contém cerca de 200 mil milhões de estrelas, tem ao menos 46 mil milhões de planetas do mesmo tamanho que a Terra, sem contar aqueles cuja órbita é mais afastada do seu astro mas ainda se encontram na zona habitável", disse o astrónomo Geoff Marcy, da Universidade da Califórnia, um dos principais autores do estudo publicado na revista Science. Considera-se habitável a zona que não é demasiado quente nem fria e onde pode existir água em estado líquido.

Os astrónomos que realizaram este recenseamento planetário utilizaram dois potentes telescópios ópticos e de infravermelhos, no monte Mauna Kea, no Havai. Durante cinco anos, observaram 166 estrelas situadas num raio de 80 anos-luz da Terra. Um ano-luz equivale a 9469 mil milhões de quilómetros.

Os astrónomos observaram planetas de diferentes tamanhos, desde três vezes a massa da Terra até mil vezes. Os resultado revelam que há mais planetas pequenos que grandes, logo a conclusão é que estes são mais frequentes na Via Láctea. "Tais planetas na nossa galáxia são como grãos de areia dispersos numa praia, estão por todo o lado", afirmou Marcy."

 

 

in DN Ciência, 31 Outubro 2010

 

 

VER NOTÍCIA AQUI

 

 


The Grand Tour and the Cosmos - Vangelis
 
publicado por Cleópatra M.P. às 23:55
link do post | comentar | favorito!

Sábado, 14 de Agosto de 2010
 

 

 

Observando a Terra a partir do Espaço.

 

Bela, Bela... Bela!

 

Se todos vissem estas imagens,

 

certamente o nosso planeta seria muito,

 

mas mesmo muito mais respeitado.

 

 

* * *

.

MUNDO MARAVILHOSO.jpeg

 

* * *

 

 

Parece uma pintura a óleo, numa tela... mas não. Não é.

Trata-se de algo muito mais belo, muito mais sublime: uma imagem real da Terra vista do Espaço.

 

Esta imagem foi captada pelo sensor MERIS do satélite ENVISAT no passado dia 23 de Maio.


Pode ver-se a Irlanda e na parte inferior esquerda uma bela mancha em tons de azul... azul-eléctrico.

Esta mancha, que parece ter sido obra de uma mão humana com um pincel, é na realidade o resultado de plantas marinhas microscópicas que se encontavam naquela altura à superfície do mar. É o plâncton azul-eléctrico. Florescente.

 

No topo da imagem pode ver-se o Mar da Irlanda e parte da Escócia. Na parte superior direita, a Este da irlanda, são visíveis as Ilhas de Man (Isles of Man).

 

Simplesmente LINDO!

Admiravel Planeta, o nosso.

 

 

Cleópatra M.P.

 

 

VER MAIS AQUI

 

 

 

 

* Vangelis - Creation du Monde *

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 22:19
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito!

Quarta-feira, 26 de Maio de 2010
 

 

 

O Vaivém Espacial Atlantis,

ou OV-104 (Orbiter Vehicle 104),

foi o quarto veículo deste tipo a ser construído pela

NASA e realizou 32 missões entre Outubro de 1985 e o dia de hoje.


 

Recebeu o nome de Atlantis, em honra do

primeiro navio americano de pesquisa oceanográfica.

 


* * *

 

 

* * *

 

ATLANTIS AND CREW LAND SAFELY IN FLORIDA

 

*

VAIVÉM ATLANTIS ATERRA PELA ÚLTIMA VEZ

 

 

* * *

 

 

* * *

 

ATLANTIS LANDS IN FLORIDA

 

 

* * *

 

ATLANTIS 1985-2010 3.jpg

 

 

* * *

 

 

Farewell... farewell!

 


publicado por Cleópatra M.P. às 14:15
link do post | comentar | favorito!

Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
15
16
17
18

19
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Tradutor | Translator
Free counters!