Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 



* * *

 

 

O segredo de progredir é começar.

 

O segredo de começar é dividir as

 

tarefas árduas e complicadas em

 

tarefas pequenas e fáceis de

 

executar, e depois

 

começar pela primeira.

 

 

Mark Twain

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:24
link do post | comentar | favorito!

Segunda-feira, 22 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 

 

* * *

 

    Depois de eu ter partido de África, Gustav Mohr escreveu-me acerca de uma coisa estranha que se passava com a sepultura de Denys, uma coisa diferente de tudo o que já ouvira contar. “Os massais”, escreveu ele, “referiram ao comissário distrital de Ngongo que, muitas vezes, ao nascer e ao pôr do Sol, viram leões sobre a sepultura de Finch-Hatton nas montanhas. Um leão e uma leoa foram até lá e estiveram muito tempo de pé, ou deitados, em cima da campa. Alguns indianos que por ali passaram de camião ou a caminho de Kajado também os viram. Depois da sua partida, o terreno em redor da campa foi nivelado, tornando-se uma espécie de grande terraço. Suponho que o sítio se tornou de grado dos leões, pois dali avistam toda a planície com o gado e os animais selvagens.”

    Era justo e correcto os leões irem até à campa de Denys, transformando-a num monumento africano. “E que afamado seja teu túmulo.” O próprio Lorde Nelson, pensei eu, em Trafalgar Square, só tem leões de pedra.

 

 

Karen Blixen, in África Minha, pp.330-331

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:24
link do post | comentar | favorito!

Sábado, 20 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 

* * *

 

 

"Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está?
As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre. Podem pôr-se processos e acções de despejo a quem se tem no coração, fazer os maiores escarcéus, entrar nas maiores peixeiradas, mas não se podem despejar de repente. Elas não saem de lá. Estúpidas! É preciso aguentar. Já ninguém está para isso, mas é preciso aguentar. A primeira parte de qualquer cura é aceitar-se que se está doente. É preciso paciência. O pior é que vivemos tempos imediatos em que já ninguém aguenta nada. Ninguém aguenta a dor. De cabeça ou do coração. Ninguém aguenta estar triste. Ninguém aguenta estar sozinho. Tomam-se conselhos e comprimidos. Procuram-se escapes e alternativas. Mas a tristeza só há-de passar entristecendo-se. Não se pode esquecer alguem antes de terminar de lembrá-lo. Quem procura evitar o luto, prolonga-o no tempo e desonra-o na alma. A saudade é uma dor que pode passar depois de devidamente doída, devidamente honrada. É uma dor que é preciso aceitar, primeiro, aceitar.
É preciso aceitar esta mágoa esta moinha, que nos despedaça o coração e que nos mói mesmo e que nos dá cabo do juízo. É preciso aceitar o amor e a morte, a separação e a tristeza, a falta de lógica, a falta de justiça, a falta de solução. Quantos problemas do mundo seriam menos pesados se tivessem apenas o peso que têm em si , isto é, se os livrássemos da carga que lhes damos, aceitando que não têm solução.
Não adianta fugir com o rabo à seringa. Muitas vezes nem há seringa. Nem injecção. Nem remédio. Nem conhecimento certo da doença de que se padece. Muitas vezes só existe a agulha.
Dizem-nos, para esquecer, para ocupar a cabeça, para trabalhar mais, para distrair a vista, para nos divertirmos mais, mas quanto mais conseguimos fugir, mais temos mais tarde de enfrentar. Fica tudo à nossa espera. Acumula-se-nos tudo na alma, fica tudo desarrumado.
O esquecimento não tem arte. Os momentos de esquecimento, conseguidos com grande custo, com comprimidos e amigos e livros e copos, pagam-se depois em condoídas lembranças a dobrar. Para esquecer é preciso deixar correr o coração, de lembrança em lembrança, na esperança de ele se cansar."



Miguel Esteves Cardoso, in Último Volume

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito!

Sexta-feira, 19 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 

 

 

   * * *   

 

 

Tudo o que os espíritos desejam,
os espíritos conseguem.


Khalil Gibran

 
publicado por Cleópatra M.P. às 19:00
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 18 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 

 

* * *

 

 

Amar é admirar com o coração. Admirar é amar com o cérebro.

 

 

Theophile Gautier

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 10:00
link do post | comentar | favorito!

Domingo, 14 de Agosto de 2011

 

 

 

* * *

 

GOSTEI. ANOS 70!

 

 

* * *

 

"So close, so close and yet so far away"

 

 

* * *

 


 

 Frankie Valli - My Eyes Adored You

 

* * *

 

 

 



publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2011

 

 

Nas noites de hoje, amanhã e depois,

 

a chuva de 'estrelas cadentes'

 

estará no seu máximo.

 

 

São as Perseidas,

 

a chuva de meteoros mais 'famosa' do ano!

 

 

 

* * *

 

* * *

 

Perseidas, porque parece ser originária das vizinhanças

da estrela gamma persei na constelação Perseu.

 

É uma chuva provocada pela intersecção da órbita

da Terra com a órbita do cometa Swift-Tuttle.

 

O facto de estar Lua Cheia vai 'ofuscar'

um pouco o brilho da 'chuva'.

Até porque luar como o de Agosto,

só o de Janeiro...

Mas com uma Taxa Horária Zenital prevista

de 100 meteoros, uau!

 

Bem, é esperar para ver!

Aproveitar o céu limpo!

 

 A não perder a partir da meia noite!

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 23:45
link do post | comentar | favorito!

Segunda-feira, 8 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 

 

* * *

 

 

Keep away

 

 from people

 

who try to belittle

 

your ambitions.

 

Small people

 

always do that,

 

but the really great

 

make you feel

 

that you, too,

 

 can become great.

 

 

 

Mark Twain

 

publicado por Cleópatra M.P. às 15:00
link do post | comentar | favorito!

Domingo, 7 de Agosto de 2011

 

 

Foi um fim de semana delicioso!

 

Admirável!

 

 

* * *

 

* * *

 

 

Pronta para mais uma semana plena de trabalho! Venha ela!!

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 22:40
link do post | comentar | favorito!

Sexta-feira, 5 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 

 

* * *

 

 

Sonho a cores, mas vivo a preto e branco.

 

Vivo a preto e branco, mas sonho a cores.

 

 

Cleo

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 23:36
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 4 de Agosto de 2011

 

 

Um dos meus poemas favoritos...

 

* * *

 

 

* * *

 

 

 

There’s a long, long trail a-winding

 

Into the land of my dreams,

 

Where the nightingales are singing

 

And a white moon beams.

 

There’s a long, long night of waiting

 

Until my dreams all come true;

 

Till the day when I’ll be going down

 

That long, long trail with you.

 

 

 

Stoddard King

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 17:02
link do post | comentar | favorito!

Quarta-feira, 3 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 

 

 

* * *

 

 

 


I cannot always control what goes on outside.

 

But I can always control what goes on inside.


 

Wayne Dyer

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:38
link do post | comentar | favorito!

Terça-feira, 2 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 

 

* * *

 

 

How people treat you is their karma;

 

how you react is yours.

 

 

Wayne Dyer

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 00:05
link do post | comentar | favorito!

Segunda-feira, 1 de Agosto de 2011

 

 

* * *

 

 

 

* * *

publicado por Cleópatra M.P. às 00:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito!

Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

15
16
17

21
23
24
26
27

28
29
30
31


Tradutor | Translator
Free counters!