Sábado, 29 de Janeiro de 2011

 

 

* * *

 

 

* * *

 

Novas pesquisas sugerem que Verões mais quentes poderão, paradoxalmente, abrandar o ritmo do degelo dos glaciares em direcção ao mar. Esta pesquisa utiliza dados recolhidos pelo satélite de observação terrestre mais antigo da Agência Espacial Europeia: o ERS.

 

 

 

Ver AQUI!

 

 

A missão “European Remote Sensing Satellite” (ERS) entrou em operação no início da década de 90 e foi a primeira experiência em satélites de observação da terra coordenada pela Agência Espacial Europeia (ESA). Ao todo foram lançados dois satélites, o ERS-1 que operou entre 1991 e 2000  (inactivo desde 10 de Março de 2000) e o ERS-2 que foi lançado em 21 de Abril de 1995 e continua em actividade. A carga útil dos satélites foi projetada de forma praticamente idêntica, no entanto o ERS-2 incluiu dois instrumentos extra: um desenhado especificamente para monitorizar níveis de ozono na atmosfera (GOME) e o segundo que disponibiliza dados sobre  a humidade da atmosfera (MS). Em resumo, oferecem condições para aquisição de dados em qualquer época do ano, de dia ou a noite, com grande precisão.

 

 

Dados sobre os satélites:

 

 

Satélite 

 

ERS-1 ERS-2
Lançamento 17 Julho 1991 21 Abril 1995

Local de

Lançamento

Kourou, Guiana Francesa
Kourou, Guiana Francesa
Veículo Lançador Ariane 4 Ariane 4
Situação Actual
Inactivo
desde 10/03/2000
Activo

Órbita

 

Heliossíncrona,
quase circular, polar.
Heliossíncrona,
quase circular, polar.
Altitude
785 Km
785 Km
Inclinação
98,5º
98,5º

Tempo de Duração

da Órbita

100 minutos
100 minutos

Horário de

Passagem

10:30 A.M. 10:30 A.M.

Tempo de Vida

 Projectado

 

4 anos
4 anos (e já vai quase
em 16 anos!!)
Sensores

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 09:20
link do post | comentar | favorito!

Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011

 

 

* * *

 

* * *

 

Estação Espacial Internacional.
 
Muito interessante.
 
Ver AQUI!

 

publicado por Cleópatra M.P. às 18:00
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011

 

 

 * * *

 

 

 

* * * 

 

 

 

* * * Artigo I * * * 

 Fica decretado que agora vale a verdade.
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira.

 
* * * Artigo II * * *

 Fica decretado que todos os dias da semana,
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo.

 

* * * Artigo III * * *

 Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresce a esperança.

 

 * * * Artigo IV * * *

 Fica decretado que o homem
não precisará nunca mais
duvidar do homem.
Que o homem confiará no homem
como a palmeira confia no vento,
como o vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu.

 

 Parágrafo único:

 O homem, confiará no homem
como um menino confia em outro menino.

 

 * * * Artigo V * * * 

 Fica decretado que os homens
estão livres do jugo da mentira.
Nunca mais será preciso usar
a couraça do silêncio
nem a armadura de palavras.
O homem se sentará à mesa
com seu olhar limpo
porque a verdade passará a ser servida
antes da sobremesa.

 

 * * * Artigo VI * * * 

 Fica estabelecida, durante dez séculos,
a prática sonhada pelo profeta Isaías,
e o lobo e o cordeiro pastarão juntos
e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora.

 

 * * * Artigo VII * * * 

 Por decreto irrevogável fica estabelecido
o reinado permanente da justiça e da claridade,
e a alegria será uma bandeira generosa
para sempre desfraldada na alma do povo.

 

* * * Artigo VIII * * * 

Fica decretado que a maior dor
sempre foi e será sempre
não poder dar-se amor a quem se ama
e saber que é a água
que dá à planta o milagre da flor.

 

* * * Artigo IX * * * 

Fica permitido que o pão de cada dia
tenha no homem o sinal de seu suor.
Mas que sobretudo tenha
sempre o quente sabor da ternura.

 

* * * Artigo X * * * 

Fica permitido a qualquer pessoa,
qualquer hora da vida,
uso do traje branco.

 

* * * Artigo XI * * * 

Fica decretado, por definição,
que o homem é um animal que ama
e que por isso é belo,
muito mais belo que a estrela da manhã.

 

* * * Artigo XII * * * 

Decreta-se que nada será obrigado
nem proibido,
tudo será permitido,
inclusive brincar com os rinocerontes
e caminhar pelas tardes
com uma imensa begônia na lapela.

 

Parágrafo único:

Só uma coisa fica proibida:
amar sem amor.

 

* * * Artigo XIII * * *

Fica decretado que o dinheiro
não poderá nunca mais comprar
o sol das manhãs vindouras.
Expulso do grande baú do medo,
o dinheiro se transformará em uma espada fraternal
para defender o direito de cantar
e a festa do dia que chegou.

 

* * * Artigo Final * * * 

Fica proibido o uso da palavra liberdade,
a qual será suprimida dos dicionários
e do pântano enganoso das bocas.
A partir deste instante
a liberdade será algo vivo e transparente
como um fogo ou um rio,
e a sua morada será sempre
o coração do homem. 
 

 

Thiago de Mello, Os Estatutos do Homem  

Santiago do Chile, Abril de 1964

 

publicado por Cleópatra M.P. às 11:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito!

Domingo, 23 de Janeiro de 2011

 

 

... For me it happens all the time...

 

 

* * *

 

 

 

* * *

 

 

Picture perfect memories,
Scattered all around the floor.
Reaching for the phone cause, I can’t fight it any more.
And I wonder if I ever cross your mind.
For me it happens all the time.

  

It’s a quarter after one, I’m all alone and I need you now.
Said I wouldn’t come but I lost all control and I need you now.
And I don’t know how I can do without, I just need you now.

 

Another shot of whiskey, can’t stop looking at the door.
Wishing you’d come sweeping in the way you did before.
And I wonder if I ever cross your mind.
For me it happens all the time.

 

It’s a quarter after one, I’m a little drunk,
And I need you now.
Said I wouldn’t call but I lost all control and I need you now.
And I don’t know how I can do without, I just need you now.

 

Yes I’d rather hurt than feel nothing at all.
It’s a quarter after one, I’m all alone and I need you now.
And I said I wouldn’t call but I’m a little drunk and I need you now.
And I don’t know how I can do without, I just need you now.
I just need you now.

 

 

Lady Antebellum, Need You Now

 

 

 

                         

  * Lady Antebellum - Need You Now *

 

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 21:47
link do post | comentar | favorito!

Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2011

 

* * *

 

* * *

 

 

Demasiada Loucura é o mais divino Juízo
Para um Olhar criterioso
Demasiado Juízo - a mais severa Loucura
É a Maioria que
Nisto, como em Tudo, prevalece
Consente - e és são
Objecta - és perigoso de imediato
E acorrentado


Emily Dickinson, in "Poemas e Cartas"

 

publicado por Cleópatra M.P. às 13:33
link do post | comentar | favorito!

Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2011

 

 

* * *

 

* * *

  

Um teste muito interessante. vale a pena fazer!

 

 É um resumo do Myers Briggs Type Indicator, ou MBTI. 
 
A dica principal para responder é a seguinte:


"Escolha a alternativa que você PREFERE, sem se importar no que os outros acham. A primeira resposta que lhe vier à cabeça é a mais original, a que vem do coração".

 

O relatório aparece na hora e vem com as principais profissões que se adequam ao seu tipo psicológico.

 

 

AQUI ESTÁ O TESTE!

 

publicado por Cleópatra M.P. às 10:29
link do post | comentar | favorito!

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011

 

 

 

* * *

 

 

 

* * *

 

 


Trailer Castelo Andante

 

 

* * *

 

publicado por Cleópatra M.P. às 11:00
link do post | comentar | favorito!

Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2011

 

 Um livro fantástico, de Charlotte Brontë.

 

 

* * *

 

 

* * *

 

'Charlotte Brontë conseguiu uma fusão perfeita entre o realismo e o romance, incorporando dois temas que persistem no inconsciente colectivo porque expressam aspirações humanas permanentes: o mito de Cinderela, a rapariga pobre e oprimida que casa com o príncipe poderoso, e o mito do sucesso: a recém-chegada sofre, persevera e triunfa da adversidade.'

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 09:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito!

Sábado, 8 de Janeiro de 2011

 

* * *  

 

* * *

'All the nights that I've missed you
All the nights without end
All the times that I've called you
Only needing a friend
Now your eyes shine with beauty
That I missed long ago
Guess the truth is I love you
I can't say any more
'Cause I need you
Yes I want you
Yes I love you
As I look from my window
To the streets where you stand
I am gazing through dark glass
We can't walk hand in hand
Though your friends try to tell me
Though your friends you defend
They keep my heart from your heart
We must be in the end
'Cause I love you
Yes I need you
Yes I love you

All the nights that I've missed you
All the nights without end
All the times that I've called you
Only needing a friend
Now your eyes shine with beauty
That I missed long ago
Guess the truth is I love you
I can't say any more
'Cause I need you
Yes I want you
Yes I love you'

 

  

Barclay James Harvest, Poor Man's Moody Blues

 

  

* BJH - Poor Man's Moody Blues *

 

 

publicado por Cleópatra M.P. às 23:32
link do post | comentar | favorito!

Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2011

 

 

"Quando entraste nas nossas vidas, as nossas histórias já estavam contadas"

 

in Rosas, pp.30

 

 

Recomendo vivamente.

 

Acabei de ler e adorei.

 

Um livro de Leila Meacham.

 

* * *

 

 

* * *

 

'Uma saga épica de segredos, lutas de poder e paixões proibidas. Abarcando grande parte do século XX, "Rosas" conta a história das poderosas famílias fundadoras da cidade de Howbutker, no Texas, e de como as suas histórias permaneceram entrelaçadas ao longo de três gerações. Quando Mary Toliver, de dezasseis anos, herda do pai a plantação de algodão, surgem as primeiras sementes da discórdia. Ao tornar-se a nova dona de Somerset, Mary trai a mãe, Darla, e o irmão, Miles, e a dinastia Toliver nunca mais recupera. E quando Mary e o magnata da madeira, Percy Warwick, decidem não casar, embora loucamente apaixonados, esta decisão irá ter consequências tristes e trágicas, não só para eles, mas para as futuras gerações das suas famílias.'
 
 
publicado por Cleópatra M.P. às 20:11
link do post | comentar | favorito!

Sábado, 1 de Janeiro de 2011

 

 

"All is quiet on New Year's Day
A world in white gets underway
I want to be with you
Be with you night and day
Nothing changes on New Year's Day
On New Year's Day

I will be with you again
I will be with you again

Under a blood red sky
A crowd has gathered in black and white
Arms entwined, the chosen few
The newspapers says, says
Say it's true it's true...
And we can break through
Though torn in two
We can be one

I...I will begin again
I...I will begin again

Oh...
Maybe the time is right
Oh...maybe tonight...

I will be with you again
I will be with you again

And so we're told this is the golden age
And gold is the reason for the wars we wage
Though I want to be with you
Be with you night and day
Nothing changes
On New Year's Day

 

 U2, New Year's Day

  

 

*  U2  - New Year's Day *

 

Categorias: , , ,
publicado por Cleópatra M.P. às 00:00
link do post | comentar | favorito!

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
18
21
22

24
25
26

30
31


Tradutor | Translator
Free counters!